Adoção
3 de Maio de 2017
Um spa… para bebês
2 de julho de 2017

Texto: Claudia Prates | Fotos: Ana Telma Fotografia

Sábado. O céu azul nos agraciava com um abraço tenro, e um sorriso que apontava para a nossa direção parecia nos enviar um convite: “cheguem mais, sintam-se à vontade, desfrutem desse momento e deixem que cada segundo flua da forma mais linda.”

Estávamos na casa de Marcio Garcia. Sentíamo-nos hesitantes, tínhamos um plano em mente mas não sabíamos, com detalhes, de que maneira esse ensaio fotográfico aconteceria. Sabíamos que Marcio nos receberia e que posaria, junto com o filho mais novo, o João, para as lentes da nossa fotógrafa. Mas nem de longe imaginávamos que tudo seria tão aprazível e que sairíamos de lá assim, tão embevecidos. Marcio, além de talentoso e estimado, também é, sem dúvida, um cara doce, íntegro, educado, indiscutivelmente “família”. E considerando sua longa carreira, e o respeito que seus colegas de trabalho têm por ele, podemos afirmar: ele é um grande profissional.

Foi em 1994 que Marcio deu início à sua carreira na TV (na MTV) e de lá passou a integrar o time da TV Globo, onde apresentou o programa infantil Gente Inocente. Substituiu Miguel Fallabela no Video Show por dois anos e esteve à frente de O Melhor do Brasil, na Rede Record. Foram inúmeras participações em filmes: Rio Eu Te Amo; O Guarani; Loucas pra Casar; Amor por Acaso; entre outros; e novelas: Tropicaliente; Cara ou Coroa; Anjo Mau; Celebridade; O Astro; Caminho das Índias; Babilônia; e muitas outras… Marcio também dirigiu os filmes Amor Por Acaso; Angie, e dublou A Era do Gelo 1, 2 e 3; Putz! A Coisa tá Feia; Dragon Blade; Lilo e Stitch; 31 Minutos, o Filme; e A Terra Encantada de Gaya. Atualmente, apresenta o programa Tamanho Família, aos domingos, na Globo.

Marcio é um ator/diretor/apresentador reconhecido e extremamente requisitado. Mas temos a certeza de que ele não é somente habilidoso e perspicaz em sua profissão – ser do bem faz parte de sua vida e isso, sejamos sinceros, faz muita diferença. Para ele e para todos à sua volta. Tomemos a sua família como exemplo. Pai de quatro filhos (Pedro, Nina, Felipe e João), ele tem 47 anos e mantém uma rotina saudável em parceria com sua esposa, a nutricionista Andréa Santa Rosa Garcia (39 anos), com quem está casado há 17 anos. Juntos, eles cuidam da educação das crianças, de sua alimentação e se desdobram pra fazer com que a família esteja bem e feliz.

Marcio e Andréa entendem que família e filhos são a mais rica, forte e profunda experiência da caminhada humana.

Quando está de folga, Marcio não pensa duas vezes: passa a maior parte do tempo com a mulher e os filhos, seja curtindo o amplo jardim da casa onde moram, no bairro do Joá (Rio de Janeiro), em alguma aventura na cidade ou durante uma viagem. Vez ou outra toda a “trupe” se reúne no quintal de casa e faz uma campanha publicitária. Marcio garante que é sempre muito divertido juntar os seis pra gravar:

“As crianças curtem cada momento, e o que mais gosto é poder transmitir a energia da nossa família,” ele comenta.

A ótima fase profissional faz Marcio celebrar: “o Tamanho Família é um sucesso. Apesar de eu ter participado do processo criativo e ter achado, desde o início, que daria certo, o retorno superou minhas expectativas. O programa é puro, verdadeiro, e pra mim é gratificante ter a oportunidade de resgatar a importância da família.”

Concordamos com ele, e achamos mesmo que a família é o nosso bem mais precioso. Avós, pais, filhos, tios, sobrinhos, primos… cada qual com o seu valor. Nos momentos alegres e tristes. Nas brigas e nas celebrações. As famílias existem por algum motivo. Os filhos chegam à nossa vida e trazem amor incondicional. Eles dependem dos nossos cuidados, da nossa atenção. E retribuem, sem perceber, com gestos que enternecem. Os anos passam voando e eles crescem, escolhem seus próprios rumos, seus parceiros e suas profissões. E o tempo se encarrega da formação de novas famílias. Marcio e Andréa parecem entender o sentido de tudo e trilham esse caminho – o de um futuro bonito, acolhedor, repleto de carinho e amor. Os dois sabem que o melhor da vida é baseado nos bons pais, nos filhos, na boa formação, enfim, em tudo que de fato se mostra real, importante, fundamental.


Confira, um bate-papo exclusivo com Marcio Garcia 

 

Como você, pai de quatro crianças, consegue conciliar o trabalho e a rotina familiar?

Com organização. Pedro, Nina e Felipe têm uma rotina parecida: eles sempre tomam café juntos, depois vão pra aula. O João fica mais comigo durante o dia. Na maioria das vezes, trabalho na produtora, que fica no quintal da minha casa. Consigo almoçar com ele e, por volta das 19h30, jantar com toda a família, todos os dias.

Imagine você podendo ver o futuro de seus filhos – se isso acontecesse, de que forma você usaria o seu poder?

Costumo dizer que, quando a gente vira pai, se torna coadjuvante da própria vida. Então a gente está sempre fazendo tudo em função dos filhos. Acho que poder prever o futuro não deve ser algo bom, melhor é deixar o tempo correr, e dar o melhor de si como pai, sabendo que ninguém é perfeito, mas sempre se esforçando. Essa troca entre pai e filhos é o que vai garantir um futuro bacana pra eles.

Se houvesse uma maneira de viajar no tempo – para onde você iria?

Gosto de histórias relacionadas ao passado, mas tenho uma fixação por coisas do futuro, tecnologia, por exemplo… e iria também pra saber até que ponto o planeta vai resistir. Mas escolheria dar essa volta no futuro daqui uns 50 anos (risos).

Poderia compartilhar com a Educar alguma “tirada” de suas crianças?

O rei das tiradas, nesse momento, é o João. Ele aprende e imita tudo, quer fazer tudo sozinho: pega a cadeira, sobe, escova os dentes, quer passar o fio dental. Pouco tempo atrás, ele quis trocar a fralda sozinho, e tava cheia de cocô – resultado: passou cocô na mão, na cabeça (risos), abriu o armário, se trocou (mas sujou tudo, até a parede, foi uma loucura). O que não falta é situação engraçada com as crianças.

Um dia de aventura com as crianças é…

numa casa incrível aqui pertinho, no Joá mesmo. Há um circuito de arvorismo lá, a gente faz tirolesa e outras atividades, é sempre uma grande aventura.

Consegue citar cinco momentos marcantes em sua vida?

O primeiro e o mais importante: o nascimento dos meus filhos (são quatro, então já seriam quatro momentos, mas vamos deixar como sendo um). Meu casamento foi outro grande momento, e muito marcante – foi na minha casa, pra pouca gente, uma festa mágica. Outro acontecimento muito legal foi ter dirigido filmes nos EUA. A oportunidade de ter dirigido Andy Garcia, Juliette Lewis, grandes atores, enfim… foi muito especial pra mim. Entrar na Rede Globo foi, também, fantástico. E tem também o Tamanho Família… apostei muito nesse programa. É um sucesso de público, de crítica. Recebo muitas mensagens de agradecimento e reconhecimento e é muito bacana.